Estudantes ocupam a Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da UEG
03/11/2016 17:45 em Estadual

Os manifestantes protestam contra a PEC 55, a reforma do Ensino Médio e o projeto conhecido como Escola Sem Partido.

Mais um prédio público foi ocupado nesta quinta-feira (3), em Goiás, como forma de protesto contra a PEC 55 (antiga PEC 241), que prevê o congelamento de investimentos por 20 anos. Desta vez, a comunidade acadêmica da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade Estadual de Goiás (ESEFFEGO/UEG) decidiu pela imediata ocupação do prédio por meio de uma assembleia.

Além da PEC 55, os manifestantes protestam também contra a reforma do Ensino Médio, o projeto conhecido como Escola Sem Partido e a terceirização da educação. Em nota divulgada pelos estudantes, eles criticam a postura da Polícia Militar, que teria agido com excessos contra as ocupações dos campus Cora Coralina da UEG, localizado na cidade de Goiás.

“O movimento pede solidariedade, apoio e atenção quanto à possibilidade de repressão, já que quem responde pela UEG, dentre outros nomes, é Marconi Perillo e Raquel Teixeira, os articulares de repressão e perseguição a estudantes e professores, junto à PM”, diz texto divulgado.

Mais Goiás tentou contato com a assessoria de imprensa da UEG, mas as ligações não foram atendidas.

 

 

fonte: Mais Goiás

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!